Buscamos evoluir
de acordo com o nosso tempo

Foto: João Farkas

ABORDAGEM

Para nós, a qualidade ESG de um empresa representa mais uma ferramenta para a análise da relação de risco vs. retorno dos nossos investimentos.

Ambiental

  • Ecossistema
  • Gestão ambiental
  • Uso de recursos
  • Gestão de resíduos
  • Emissão de GEEs

Social

  • Clientes
  • Fornecedores
  • Trabalhadores
  • Comunidade

Governança

  • Pessoas
  • Cultura e gestão
  • Confiança e integridade
  • Alinhamento de interesses
  • Estrutura legal e de controle

Avaliamos também a atitude da gestão, procurando não nos limitar à foto e capturar o filme, ou seja, sua evolução.

MATERIALIDADE

  • Empresa reconhece sua materialidade e age?

METAS & TRANSPARÊNCIA

  • Há reporte alinhado a referências internacionais com KPIs e metas materiais?

EVOLUÇÃO

  • Houve evolução em materialidade, metas e transparência?

MATRIZ ESG

fundo esg

Conheça a construção da carteira esg

Indie

Indie FIC FIA

Fundo original da Indie Capital, tem abordagem de investimentos fundamentalista e foco em identificar bons modelos de negócios geridos por excelentes executivos.

Inicio do fundo:
28/12/2012
Benchmark:
IBrX 100
Público Alvo:
Investidor Geral

Indie 2

Indie 2 FIC FIA

O fundo segue a estratégia principal de investimentos da casa acrescida por maior concentração de alocação em empresas com boas notas ESG e executivos engajados no tema.

Inicio do fundo:
24/12/2019
Benchmark:
IPCA + Y.IMA-B
Público Alvo:
Investidor Qualificado

A imagem representa o percentual investido por quadrante conforme:

I – Empresas que têm destaque nas frentes de atuação ESG e uma gestão engajada no assunto. Por serem referência nestes quesitos, enxergamos maior potencial de geração de valor, junto com um risco menor. Portanto, elas têm prêmio de exposição no Indie 2 FIC FIA frente à carteira do Indie FIC FIA. 

II – Empresas que têm uma gestão com postura construtiva para desenvolver as frentes ESG da empresa, as quais ainda não são bem trabalhadas no atual momento destas empresas. Estas têm equivalência de exposição no Indie 2 FIC FIA quando comparadas ao Indie FIC FIA.

III – Empresas que hoje não atuam as frentes ESG e também não têm uma gestão engajada nestes assuntos. Entendemos que essas empresas apresentam um risco maior em um horizonte de mais longo prazo e, por isso, têm desconto de exposição no Indie 2 FIC FIA frente à carteira do Indie FIC FIA.

IV – Empresas que exploram bem as frentes ESG, mesmo que com uma gestão pouco engajada. Estas têm equivalência de exposição no Indie 2 FIC FIA quando comparadas ao Indie FIC FIA.

PARCEIROS

Mailing

Quer receber nossas atualizações?